Série Os Bedwyn – Ligeiramente Casados (Livro 1)

ligeiramente-casados

 

Ficha Técnica
Título: Ligeiramente Casados
Título Original: Slightly Married
Saga: Os Bedwyn
Autor: Mary Balogh
Ano: 2014
Editora: Arqueiro
288 Páginas
ARQUEIRO | SKOOB

Sinopse
À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse – “Custe o que custar!”.

Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.

Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela… a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele – o que acontecerá em quatro dias.

Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.

Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados.

2

Plataforma que fiz a Leitura: Ebook

O que achei…

Incrivelmente realista, emocionante e muito delicado de se ler, essa série me conquistou rapidamente, e ao fim, quis imediatamente ler o livro 2.

Eu adoro quando pego um livro sem saber muito bem o que esperar e sem ter altas expectativas. Ignorei resenhas que falavam sobre e li somente a sinopse antes de mergulhar nessa história. E que história!

É tocante em vários momentos, as situações e a forma como os personagens se comportam são incrivelmente plausíveis a ponto de me fazer admirar a autora pelo cuidado com os costumes e a forma de pensar da época. Os personagens são cativantes e muito humanos. Até mesmo aqueles que a gente começa a odiar (como o primo de Eve), são muito bem construídos.

O desenvolvimento do relacionamento de Eve e Aidan é gradual e muito delicado, tão natural que mal notamos os momentos que levaram ao amor deles. É lindo demais! Além disso, temos a família dele e a dela, que, diferente dos outros livros, tem um papel super importante no desenrolar da história, e fazem toda a diferença.

Um outro ponto super importante foram as cenas de sexo, que não tiveram aquele excesso desnecessário de detalhes. Porque? Porque a autora focou muito mais nos sentimentos do que no ato em si. E eu simplesmente adorei! Adorei essa forma diferente de narrar uma atração e  um ato sexual intenso.

O personagem Aidan é o mais marcante de todos. A evolução dele no decorrer do livro é animadora. Eu torcia loucamente para vê-lo mudar, vê-lo se abrir. E minha espera foi tremendamente recompensada.

Sabe aquele tipo de livro que te faz sorrir ao pensar em certas cenas? Pois então, é esse tipo de livro. Te faz sorrir com a ideia dos acontecimentos, das coisas divertidas, e do romance que floresce.

Simplesmente apaixonante de se ler.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s