Trilogia A Mão Esquerda de Deus – O Bater de Suas Asas (Livro 3)

O bater de suas asas.indd

 

Ficha Técnica
Título: O Bater de Suas Asas
Título Original: The Beating of His Wings
Trilogia: A Mão Esquerda de Deus
Autor: Paul Hoffman
Ano: 2013
Editora: Suma de Letras/Objetiva
384 Páginas
SUMA DE LETRAS | SKOOB

Sinopse
O treinamento militar brutal de Cale tinha um único propósito: destruir o maior erro de Deus, a humanidade. Desde que descobriu esta verdade, Thomas Cale é assombrado pelo homem que o transformou em Anjo da Morte: o Redentor Bosco.

Arrogante e inocente, generoso e impiedoso; Cale é um paradoxo, temido e reverenciado por seus criadores.

Sua força já foi usada para derrubar a civilização mais poderosa do mundo, mas agora Cale está fraco. Sua alma está morrendo. Enquanto seu corpo é assolado por terríveis convulsões, Thomas Cale sabe que o Juízo Final não irá esperar por ele.

O desejo de vingança o guia de volta ao Santuário, para confrontar Bosco, alvo de todo o seu ódio. Agora, Cale deve reconhecer que é a encarnação da ira de Deus e decidir se é hora de lançar mão de sua habilidade ímpar de destruição.

O futuro da humanidade está em suas mãos.
O bater de suas asas.indd

Plataforma que fiz a Leitura: Livro Físico

O que achei…

Foi um martírio chegar ao fim desse livro, e foi totalmente frustrante que chega a dar raiva.

O começo do livro é perfeito, com Cale quase com um pé na cova, tendo que passar por poucas e boas. E mesmo com toda a dificuldade, ele ainda consegue ser uma pessoa temida e, de certa forma, respeitada. Foi um começo perfeito. Até que vem a enrolação da politicagem, das estratégias de guerra intermináveis, dos Redentores ainda causando o caos pelas cidades que passam, e mais e mais guerra, cada vez mais próxima de Cale e dos outros. No meio disso tudo, algumas situações interessantes onde Cale têm que encarar Arbell, ou onde Henri e

E então, mais uma vez, chegamos em uma parte interessante no livro, quase chegando a metade, onde Cale se livra de alguns inimigos. Sensacional a luta dele, mesmo debilitado. Adorei.

20150819_111744

Quando estou pra chegar na guerra final, a umas 50 páginas do fim do livro, começo a morrer de chatice e mesmice. Eu juro que eu tentei ler, mas me bateu um desânimo enorme, tanto que eu comecei a pular a lenga lenga, a falação e o planejamento chato onde nada acontecia e só ficava naquele mimimi eterno de como derrotar os Redentores, e como melhorar o armamento, e estratégias de guerra, e blábláblá. Nada contra estratégias e planejamentos em livros, mas quando ele começa a cansar, se torna um problema. Parecia mais uma aula de estratégia do que um livro de ficção.

Chego ao fim da história, depressiva com a morte de um personagem querido, emocionada com um reencontro lindo, animada com a morte de outro personagem, e frustrada com o fim que o Cale levou. Foi uma grande decepção.

Apesar dos pontos altos, em resumo, foi o livro mais chato e cansativo da trilogia. O que é frustrante, já que é o último, e detalhe: O Bater de Suas Asas é o que volume que tem mais páginas. Deveriam ter resumido esse livro pela metade, sinceramente.

20150819_111725

Anúncios

6 pensamentos sobre “Trilogia A Mão Esquerda de Deus – O Bater de Suas Asas (Livro 3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s