Série Os Imortais – Estrela da Noite (Livro 5)

untitled

 

Ficha Técnica
Título: Estrela da Noite
Título Original: Night Star
Série: Os Imortais
Autor: Alyson Noël
Ano: 2011
Editora: Intrínseca
234 Páginas
INTRÍNSECA | SKOOB

Sinopse
Certa de que Ever é responsável pela morte de Roman, Haven está determinada a destruí-la. Seu primeiro passo é separá-la de Damen, e, para isso, conta com a arma ideal: um segredo terrível sobre suas vidas passadas, que lançará uma nova luz sobre o relacionamento de Ever e Jude. Obrigada a enfrentar seus maiores medos com relação ao companheiro que escolheu para a eternidade, Ever é lançada em um combate mortal contra Haven, que poderá significar a destruição de todos. É chegado o momento de se questionar: para sobreviver, ela seria mesmo capaz de condenar Haven à escuridão de Shadowland? E será que todo o seu futuro com Damen poderia mesmo depender de uma revelação do passado?

untitled

Plataforma que fiz a Leitura: Livro Físico 

O que achei…

Não precisei nem chegar ao meio do livro pra chegar a conclusão de que esse foi o melhor livro da série (até agora, claro). Temos uma Ever extremamente madura e evoluída positivamente. Ela ainda têm que enfrentar velhos hábitos, o que é bom, senão ficaria estranho ela ter melhorado de repente sem sequer ter sinais do seu eu anterior. Agora, ela se abriu mais para as pessoas ao redor (incluindo o Damen), mas principalmente, a Ava, que foi a maior ajuda para a mudança na sua forma de pensar. Até com a Romy e Rayne ela melhorou drasticamente. Só de imaginar como ela era antes, com o como ela é agora, eu penso que valeu a pena sofrer, odiar, e querer desistir do livro (mas sem de fato fazê-lo). Para quem parou antes, recomendo que volte a ler. É uma droga, eu sei, mas vemos claramente, quase como um tapa na cara, a mudança e evolução da Ever. Isso foi o melhor de tudo.

Tenho que dizer que do meio para o fim, a Haven começou a ser cansativa, mas não cheguei a odiá-la, e fiquei até com um pouco de pena no fim. Mostra bem o que o ódio e o rancor pode fazer com uma pessoa.

Estrela da Noite

Nesse livro, as interferências de Jude chegaram a irritar, mas no fim, você entende a motivação dele, e mesmo contra a vontade, acaba por perdoá-lo. Gosto da posição dele em várias situações no começo e meio do livro. Ele se mostra bastante maduro e controlado.

O Damen continua sendo o Damen, mas depois do passado dele com a Ever revelado, ele parece menos um príncipe encantado (só um pouco) e mais um imortal que nunca deixou de amar a Ever, incondicionalmente. Sem contar que tem um caráter surpreendente (para não dizer meio anti natural), em situações que pessoas comuns não se intrometeriam.

E o Miles, que tristemente ficou como personagem esquecido em todos os livros, nesse faz uma grande aparição e com um discurso lindo. Aqui percebo que queria que ele tivesse aparecido mais vezes no decorrer dos livros.

Para entenderem como esse livro foi fantástico, o li em praticamente três dias, um recorde se comparado com os demais (que demorei semanas, cheguei a pular páginas e tudo mais). Valeu a pena cada minuto assíduo de leitura.

20150226_165554

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s