Série Os Imortais – Terra de Sombras (Livro 3)

terra de sombras

 

Ficha Técnica
Título: Terra de Sombras
Título Original: Shadowland
Série: Os Imortais
Autor: Alyson Noël
Ano: 2010
Editora: Intrínseca
269 Páginas
INTRÍNSECA | SKOOB

Sinopse
Ever e Damen atravessaram diversas vidas e enfrentaram os mais terríveis inimigos com um só objetivo: ficar eternamente juntos. E quando esse sonho está ao alcance das mãos, um poderoso feitiço cai sobre Damen. Agora, para ele, simplesmente tocá-la ou encostar os lábios nos dela significaria a morte, o exílio definitivo em uma terra de sombras.

Desesperada por livrá-lo da maldição, Ever mergulha de corpo e alma na magia e encontra uma ajuda inesperada: um surfista chamado Jude. Apesar da profunda lealdade a Damen, é inevitável que ela se sinta atraída por esse garoto estranhamente familiar, de olhos verdes, dons mágicos e passado misterioso. Ever sempre acreditou que Damen fosse seu destino – mas e se o futuro tiver reservado outros planos? Com Jude cada vez mais próximo, pela primeira vez em séculos esse amor é posto a prova.

2

Plataforma que fiz a Leitura: Livro Físico

O que achei…

Mal começo o livro e logo de cara vejo a Ever se infernizando por mais um erro que ela cometeu. Termino o livro da mesma forma: com a Ever fazendo besteira. Me pergunto como uma protagonista consegue cometer tantos erros imbecis, sendo que tem tantas pessoas ao redor dela que a aconselham. Impressionante como ela sempre ignora os conselhos alheios, faz o que der na telha, no afobamento e na pressa dela, e no fim, sempre acaba em erros e mais erros, e ela se martirizando.

Apesar dos erros dela, um desses erros deixa as coisas interessantes, já que o Roman entra nessa história. Sempre tive uma queda por vilões, porque acho eles muitas vezes mais humanos, mais reais e suscetíveis a erros e defeitos do que os protagonistas. Nesse livro, apesar de não ter tanto a presença de Roman como no anterior, os momentos em que ele aparece para infernizar a Ever são os melhores. Além de atormentar a protagonista que me irrita, ele ainda é cínico, divertido e eu o imagino um cara extremamente atraente.

Tchau Damen, te troquei pelo Roman. Pelo menos até o meio do livro, porque ai entra o Jude, e eu fico na dúvida (rsrs).

IMG_20150303_175217

Até a aparição de Jude, o livro foi mais do mesmo, com a Ever se culpando pelos erros, desesperada para consertá-los, desesperada para achar um jeito de concertá-los, quer ter o Damen 24hs por dia com ela, e eles super apaixonados. E então, Jude entra nessa história. Um surfista de dreads que é extremamente gentil, extrovertido, divertido e aparentemente gato (confesso, roubei essa palavra da Haven, a melhor amiga da Ever rsrs). Apesar de eu achar clichê aparecer um outro cara que gosta da protagonista e que vai fazer o outro sentir ciúmes, a forma como o Damen lida com isso quebra esse clichê (e não de uma forma boa). Acho extremamente imbecil ele meio que terminar com a Ever por causa do Carma, porque acha que está interferindo no destino. Sinceramente? Alguém normal largaria a pessoa que mais ama assim, por causa que acha (ACHA) que um outro cara é destinado a ela? A pessoa quer mais é que se dane, e vai lutar contra esse destino de todas as formas possíveis. Mas não… Não o Damen. O Damen acha a droga de um destino muito melhor do que lutar pela amada, sendo que claramente ela ama ele de todas as formas! Inconcebível! Sou só eu que penso assim? Ou eu sou inocente demais?

Dando continuidade… O Jude desperta na Ever alguns sentimentos conflitantes. Aqui vemos o típico triângulo amoroso, onde você sabe que a protagonista vai ficar com o mocinho principal, mas que vai se sentir dividida até o fim do livro (nota: ainda não li o último livro, como deixei claro no post do Lua Azul. Será que eu acerto?). Ela começa a conviver mais com ele, nós começamos a gostar mais dele (eu, particularmente), e chegamos ao fim do livro com uma quebra de clima entre o Jude e a Ever, a Ever saindo meio brigada com o Jude, e a mudança da Haven. Nesse ponto, não acho que tenha sido um erro. Quando me coloco no lugar da Ever, penso que eu faria o mesmo com uma amiga querida minha (apesar de não achar que a Ever goste tanto assim da Haven, porque desde que ela conhece Damen, ela meio que deixa os amigos de lado). Por esse motivo, a Ever ganhou um ponto de respeito.

Gosto muito do final desse livro, com a Ever ajudando a Haven, já que para exatamente no momento em que a Ever tem que dizer para a Haven o que aconteceu. E assim, nos dá um gostinho de quero mais. Terminei a leitura hoje, e já fui para o livro 4. Vamos ver em quanto tempo vou lê-lo.

20150226_165149

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s