Série Os Imortais – Lua Azul (Livro 2)

 

Ficha Técnica
Título: Lua Azul
Título Original: Blue Moon
Série: Os Imortais
Autor: Alyson Noël
Ano: 2010
Editora: Intrínseca
246 Páginas
INTRÍNSECA | SKOOB

Sinopse
Ever é agora uma imortal. Iniciada nesse mundo desconhecido e sedutor por seu eterno amado, Damen, está empenhada em conhecer e dominar suas novas habilidades, mas algo terrível começa a acontecer. Acometido por uma doença misteriosa que ameaça, inclusive, sua memória, Damen não percebe que seus poderes se estão esvaindo – enquanto Ever se sente cada vez mais forte.

Desesperada para salvá-lo, ela viaja até a dimensão mística de Summerland, onde não apenas toma conhecimento da misteriosa história de Damen, brutal e torturante, mas também tem acesso aos segredos que regem o Tempo.

Com a lua azul que se aproxima, anunciando uma oportunidade única de se projetar para o passado ou para o futuro, Ever é forçada a decidir entre voltar no tempo e impedir o acidente que tirou a vida de toda a sua família ou ficar no presente e salvar Damen, que parece definhar a cada dia.

2

Plataforma que fiz a Leitura: Livro Físico

O que achei…

Eu comecei esse livro esperando que fosse mais animado que o primeiro. Em certos aspectos, ele realmente foi. Apesar da Ever continuar uma egoísta infantil que não ouve opiniões alheias, gostei das situações que ela teve que passar por causa do Roman. Mais uma vez, gosto bastante desse vilão (assim como gostei da Drina, no livro anterior). Acho ele bastante inteligente e incrivelmente sedutor em algumas situações.

A Ever passa por maus bocados em Lua Azul, o que me fez perceber uma certa evolução na personalidade dela, principalmente quando ela começa a interagir com a Ava. Porém, isso não dura muito, porque fica claro o quanto ela é impaciente e não está interessada no que ela tem a dizer, ou o que ela quer fazer. Pra Ever, parece que tudo gira em torno dela, o que me incomoda demais. O mesmo ocorre com as gêmeas Romy e Rayne. Quando aparecem as duas, notei que a Ever é muito desconfiada com tudo e com todos. Não sei se seria por trauma da Drina ou porque ela sempre foi desconfiada ou porque eu penso que deveríamos dar uma chance aos outros, só sei que me incomoda (para não dizer me irrita) o quanto ela trata mal as gêmeas, apesar delas estarem querendo ajudá-la (pelo menos a Romy). Acho que não saberei a resposta para isso.

Lua Azul

Nesse livro, achei o Damen muito mais interessante do que no outro livro. Aqui ele mostra um outro lado dele, que acredito que era o verdadeiro Damen antes de conhecer a Ever e querer mudar por ela. Mesmo depois dele voltar a ser o Damen de sempre (meloso, perfeito e com uma paciência sobrenatural), comecei a vê-lo com outros olhos. Acredito que o amor dele pela Ever é tão grande que não importa o que ela faça ou diga, ele NUNCA vai deixar de gostar dela. Ele vai ser aquele tipo de personagem que sempre vai perdoar a pessoa amada, vai ajudar a limpar os estragos, vai guiá-la para o caminho certo, enfim, vai fazer de tudo para ajudá-la, mesmo que tenha feito a maior besteira da vida.

É essa conclusão que eu chego no fim do livro. Continuo não me simpatizando com as ações da Ever, mas no final desse livro ela começa a amadurecer um pouco, mesmo que seja bem pouco. Vamos ver agora o que vou pensar dela no próximo livro.

20150226_165021

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s