A Menina mais Fria de Coldtown

Daniel Pereira

 

Ficha Técnica
Título: A Menina mais Fria de Coldtown
Título Original: The Coldest Girl in Coldtown
Autor: Holly Black
Ano: 2014
Editora:
 Novo Conceito

384 Páginas
NOVO CONCEITOSKOOB

Sinopse
No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros: são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair.

Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça, e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown.

coldestslide

Plataforma que fiz a Leitura: Livro Físico

O que achei…

Confesso que eu não esperava muito desse livro. Se eu estava curiosa? Muito. Se eu queria desesperadamente lê-lo? Não. Se eu soubesse como seria esse livro, teria me agarrado à ele com unhas e dentes e não o largaria até terminar.

Esse não é o tipo de livro que começa nos apresentando o personagem principal com calma e mostrando o seu cotidiano comum, onde nada de mais parece acontecer. Não. Logo de cara nós conhecemos Tana em uma situação de vida e morte, rodeada de corpos drenados e estraçalhados. É nessa situação inicial que eu me pego admirando a força dessa personagem, a forma como ela lida com o medo e com o que aconteceu a sua volta. Incrível. Desde o começo, ela se mostrou forte e inteligente, tudo isso sendo uma humana comum.

Gostei muito de ter alguns capítulos que contam um pouco a história de Tana e do vampiro Gavriel, além de algumas situações passadas dos personagens secundários, como os gêmeos Midnight e Winter. Nesses capítulos específicos, nos aprofundamos mais nos personagens e entendemos algumas das ações que eles tomam no livro.

A Menina2

As provações que Tana passa, os perigos e as dúvidas, são todas muito emocionantes e imprevisíveis, assim como a importância de Gavriel para a história (apesar de eu não ter sentido isso no começo) e a força dele nos momentos finais. São os tipos de coisa que fazem um livro ser inesquecível pra mim. Pode não ser a melhor narrativa do mundo, ou a história mais criativa ou mais bem pensada, porém, se um livro me surpreende, ele com certeza vai ficar gravado na memória. E é exatamente isso que A Menina mais Fria de Coldtown faz. Em nenhum momento consegui prever o que aconteceria a seguir, por isso, quando li o final em aberto (o que é um pouco frustrante, mas que eu achei perfeito), fiquei completamente surpresa. Uma surpresa boa e que com certeza me marcou.

Acredito que aqueles que leram Crepúsculo e não gostaram, vão curtir muito mais esse livro. Sim, tem romance, mas é muito pouco. Aqui os vampiros são sedentos, cruéis e matam pra valer. Não vão pensar duas vezes pra saciar a fome e queimam até virar carvão em contato com o sol. Vampiros, personagens, história e narrativa que fizeram valer cada minuto dessa história.

A Menina

Anúncios

2 pensamentos sobre “A Menina mais Fria de Coldtown

  1. Minha amiga leu e super me indicou esse livro!
    Admito que tive certo preconceito só por causa do título do livro, que não me convenceu de primeira. Mas de tanto ouvir falarem bem, com certeza vou ler! 😀

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s